segunda-feira, maio 05, 2008

Mais para 'pêssego' que para hortelã

video

Ao final da apresentação da dançarina Eva Yerbabuena no Teatro Municipal do Rio de Janeiro um grupo maravilhado com a 'degustação' do flamenco molhado e denso compartilhava palpites: "Acho que as letras falam de um lamento..." Entre o lamento e a peleja, aposta de outros, os pouco mais de 60 minutos de espetáculo arrancaram "Olé!" da platéia e fizeram certos pés tremerem no espaço apertado das galerias (não sei como foi lá embaixo...). Embora a estratificação econômica, tal qual no Coliseu, deixe os menos abastardos longe da arena, não acredito que também haja estratificação emocional. Galerias e camarotes pareceram vibrar com a agilidade e precisão das batidas de pés e mãos. "Olé!"

***

Receita:

Mojito
1 dose de rum branco

Suco de 1 limão

1 colher (chá) de açúcar

Club soda para completar o copo

4 folhas de yerbabuena (ou hortelã)


Amassar levemente as folhas e o açúcar com um amassador. Acrescentar o suco de limão e encher o copo com gelo picado. Adicionar o rum e completar com a soda. Decorar com um ramo da folha e servir com canudo e mexedor. Servir em copo long drink.

2 comentários:

Bernardo Tonasse disse...

Eu vou hoje na eva hortelã!

Stephanie disse...

mais uma dessas coisas que você vê e eu fico babando, querendo também, mas nunca tomo vergonha na cara de procurar um lugar sigelo a preços populares... aiai

realmente é de arrepiar, acho que quem tem a chance de ver, mesmo que de longe, sem saber se é lamento ou peleja, acaba encantado.

ah, e eu escrevia, mas não como agora. Tenho lido, tenho exercitado e tento não esquecer de umas certas lições daquela oficina... lembra?

beijos!