segunda-feira, junho 13, 2005

MALU SEM BICICLETA...

Malu está sem bicicleta...Desolada!

Foi em um posto, na beira da estrada.
Ninguém viu, ninguém sabe de nada. "Foi muito rápido", disseram os presentes.
Muito de repente.
O sentido? Nem idéia... Não fizeram alarde, nem deixaram pistas. Tentaram procurar. Em vão! Já era tarde... Nenhum rastro, nada à vista.
E como caminhar sem o caminho?!
Malu sem bicicleta perdeu o impulso. É folha ao vento, ovelha desgarrada, papel avulso, trem sem trilho, sozinha, ilha, "inho"...


Sem bicicleta não há cabelos esvoaçantes, não há viagem, nem viajante, não há estrada percorrida, não há idas, nem vindas.

Ela espera. Quem sabe sua bicicleta apareça... Antes disso, não arreda o pé! Implora que o indivíduo que a surrupiou, por favor, se compadeça.

Nem precisa se desculpar. É só deixá-la paradinha, fazendo força sobre o descanso. Não precisa fazer barulho, nem chamar atenção...

Malu espera e não se desespera.

Próximo à estrada, passa um velho trilho e a cada 12 horas passa um trem, fazendo algazarra, marcando a hora. Marca o tempo, que não passa, que insiste em permanecer lento...

Tivesse duas rodas sobre os pés, iria ligeiro, sem vacilar. Correria como a bicicleta que Malu insiste em esperar.

6 comentários:

Anna Carolina disse...

Anna, que só anda à pé, está na torcida pelo retorno da bicicleta. Cabelos ao vento, Malu! Sempre ao vento!

Anônimo disse...

Eu sei quem pegou a sua bicicleta...

Anônimo disse...

Eu também sei.Aliás essa bicicleta nem era sua, o que agrava ainda mais o problema.Mas rogo a quem a encontrou fazer a gentileza de devolvê-la ,afinal Malu só é Malu de bicicleta...

Agradeço antecipadamente o bom senso.
Alguém que ama muito Malu

Renata disse...

Não fique desolada, malu, pois a bicicleta há de aparecer...em último caso, recorra ao trem das 12...

Anônimo disse...

Malu de Bicicleta, minha filha... onde você está que eu nunca mais te vi? Eu falei pro seu pai não te dar aquela maldita bicicleta que você, desajuizada do jeito que é, ia acabar fazendo alguma maluquice! E olha no que deu! Mande notícias...

Mamãe.

PS.: Da próxima vez, não prefere uns patins?

Graci disse...

Queria deixar um recado pra bicicleta da Malu, mas como ela não se encontra, deixa pra lá.